.
.
.
.

sábado, 28 de abril de 2012

Rosana Lanzelotte - O Cravo Brasileiro














 Soa meio extranho um cravo que não seja renascentista ou, pelo menos barroco. Bem, ao menos para meus incultos ouvidos.
 No tempo do eu menino, os tais teclados musicais de hoje, eram chamados, muito apropriadamente, de órgãos eletrônicos, e eram figurinhas dificílimas para um garoto pobre. O Mundo mal  acabara de sair do Melotron e os órgãos eletrônicos "populares" ganhavam as salas de estar com muito langor, substituindo os velhos harmônios e dividindo espaço com os irrepreensíveis pianos Essenfelder, Brasil, Fritz... quase sempre de armário.
 Rapazote mas, ainda sem cabelo nas ventas, adquirí meu primeiro órgão profissional: Um Diatron Spectra com Sustain e tudo o mais. Todo bobinado, pesava uns cem quilos. Por dentro parecia um painel de controles de discos voadores. Bem, como já falei sobre isso, nas minhas Lembranças, fiquemos por aqui mesmo, voltemos ao angelial Cravo.
 Pois é, desde menino, impressionava-me a sonoridade miudinha do Cravo, em comparação ao piano. Como não havia cravo aqui na minha região, nem no Consevatório Leionie Ehret, onde passei uma vida inteira, tampouco tinha acesso ainda aos tais órgãos eletrônicos, que, de fórma mágica imitavam todos os instrumentos, inclusive o delicioso Cravo, o jeito foi quase destruir um Essenfelder novinho, tentando transformá-lo num Cravo. Doidice de menino, de menino sonhador. Pois bem, só fui conhecer realmente, estudar e dedilhar um Cravo, já homem feito, e, minha fascinação pelo instrumento estabeleceu-se definitivamente.
 Hoje em dia, já não me soa extranho um Cravo moderno e, até um Forró vai bem neste Pio instrumento.Vamos conferir?
 Forte abraço.



Osvaldo Lacerda
Sonata (1975)
01 I. Allegro Giusto
02 II. Andantino con moto
03 III. Allegro vivo

Antonio Guerreiro
Suíte (1998)
04 I. Entrada
05 II. Forró Urbano
06 III. Cantiga
07 IV. Ponteado e Bordão

H. Dawid Korenchendler
Momentos Brasileiros (1991)
08 I. Conversa Informa
09 II. Folias em Eisenac
10 III. Allegro ma non tropo

Ernesto Nazareth
11 Batuque (1906)
12 Fon-fon (anterior a 1910)
13 Escorregando (s.d.)
14 Odeon (1910)

Ernani Aguiar
Peças de Ocasião (1994)
15 I. De viola sem rabeca
16 II. Allegro
17 III. À Brasileira
18 IV. Meio choro
19 V. Dobrado (Allegro Moderato)

Caio Senna
20 Convulsões Delicadas (1997)

Claudio Santoro
21 Prelúdio 1 (1957)
22 Prelúdio 7 (1959)
23 Prelúdio 12 (1963)

Rosana Lanzelotte, cravo
Fernando Maciel de Moura, pandeiro





Nenhum comentário:

Postar um comentário

'

'

Este Blog é corretamente visualizado com o Navegador FIREFOX . Portanto, se voce deseja redescobrir este Blog e a Grande Maioria dos Grandes Sites da Web, use o Navegador FIREFOX. O único totalmente compatível com Sites da Web 2.0, A ELITE DA INTERNET. Já usa o Firefox? Parabens! Ainda não tem? CLIQUE NA IMAGEM E FAÇA AGORA O DOWNLOAD TOTALMENTE GRATUITO e DESCUBRA UM "MUNDO NOVO" EM SEUS SITES PREFERIDOS!!!

Live Traffic

WARNIG:

This page is displayed correctly with Firefox. Screen Resolution 1024 by 768 pixels.
'











































'